Palavra Culto Domingo // 20 de Janeiro 2019

FILHO DE ADÃO OU FILHO DE DEUS?

(1 Coríntios 15:22)

 

A morte entrou por Adão (Romanos 5:12,15), mas Jesus promove o reiniciar da vida (João 1:10-13). Filhos de Adão são pessoas que, apesar de terem sido criadas por Deus, não estão em intimidade com Ele, perderam o contato direto com o Pai, decidiram andar na própria cobiça (Gênesis 3:1-6). Sabem o que é certo e errado, mas se deixaram seduzir pelo desejo de controle e de poder. Nem percebem que estão mergulhados na vergonha, no medo e na transferência de culpa (consequências do Éden) por terem errado o alvo. O próprio Jesus foi tentado na cobiça (Mateus 4:1-11) tendo passado por isso para nos mostrar como acontece. Sempre seremos tentados em alguma dessas áreas, pois em uma delas está nossa maior fraqueza: na identidade (quem você é), na capacidade (no que você faz) ou na sua posse (o que você tem). O inimigo vem com argumentos até bíblicos para te fazer errar. Sutilmente te induzirá na sua área mais frágil, nas suas necessidades, carências, no ego ou poder.

Há um erro de alvo (pecado) acontecendo no coração de muitos. Pessoas estão esfriando na sua vida espiritual mesmo com boas intenções. A sedução já tomou conta dos corações e engana as pessoas levando-as para longe do Pai. Muitos têm uma boa motivação em fazer a coisa certa, porém, erraram o alvo em coisas mínimas crendo estarem fazendo o correto. Por isso estão sentindo fraqueza e afastamento de Deus, como consequência de uma decisão errada. Como um navegador que ao errar apenas um grau na sua rota vai ter um destino muitíssimo longe do esperado, assim alguém que pensa estar vivendo como filho de Deus pode estar na verdade vivendo como filho de Adão. Você tem vivido como filho de Adão ou filho de Deus?

O filho de Adão tem o foco nas realizações pessoais. O filho de Deus tem o foco nos relacionamentos, se importando com as pessoas e a salvação delas. O filho de Adão quer ter e ser bem visto pelos homens (com pretexto de testemunho). O filho de Deus vive com perspectiva de eternidade, tendo como missão pessoal a promoção de vidas e salvação de almas. O filho de Adão vive para fazer a sua vida melhor. O filho de Deus se aprofunda no conhecimento de Deus, pois Ele é suficiente. O filho de Adão quer controle. O filho de Deus quer viver na dependência de Deus. O filho de Adão quer adquirir e possuir para ter “segurança”. O filho de Deus anseia por estar com o Pai, conhecer Seu amor, presença e poder, confiando completamente, crescendo em paciência e experiência. O filho de Adão busca tesouros materiais na terra: conforto, segurança, posição social. O filho de Deus busca tesouros no céu, crescer nos hábitos espirituais e firmar sua casa sobre a rocha. O filho de Adão não percebe a colheita de fracasso, como consequência da semeadura de desonra. O filho de Deus colhe honra dada por Deus, como fruto da honra às pessoas que merecem honra. O filho de Adão acha que merece tudo do Pai e determina a bênção. O filho de Deus diz: Tudo é do Pai, sou “gerente dele na terra” e nem mereço tanta graça. Porém, ele acaba recebendo mais do que espera. O filho de Adão vive para suprir suas necessidades. O filho de Deus busca viver no sobrenatural. O filho de Adão tem morte eterna. O filho de Deus tem vida eterna.

Faça uma análise pessoal bem profunda, quebre o ciclo da sedução da cobiça, ajuste a rota da sua vida. Receba agora a adoção como filho de Deus e viva como um verdadeiro herdeiro.

 

ROTEIRO DE CÉLULA