Palavra e Roteiro de Célula // 08 de abril

UMA FAMÍLIA PARA PERTENCER

 

“Portanto, vocês já não são estrangeiros nem forasteiros, mas concidadãos dos santos e membros da família de Deus” (Efésios 2:19).

Você é chamado para participar, não somente para crer. Mesmo no Éden, lugar perfeito, Deus disse: “Não é bom que o homem esteja só” (Gênesis 2:18). Fomos criados para viver em comunidade, moldados para o companheirismo e formados para uma família. Seguir a Cristo inclui integrar, não apenas acreditar.

Para que os órgãos do corpo cumpram o seu propósito, eles precisam estar conectados ao corpo. O mesmo ocorre com você, como parte do corpo de Cristo. Você foi criado para uma função específica, mas irá perder esse propósito para a sua vida se não estiver agregado a uma igreja local (Romanos 12:4-5).

 

DEUS AMA A IGREJA

Assim como um órgão que, desligado do corpo, murcha e morre, também um membro desligado da igreja local esfria e morre espiritualmente. É por isso que o primeiro sintoma de declínio espiritual é normalmente o comparecimento irregular aos cultos e a outras reuniões. A pessoa que diz “eu não preciso da igreja” é tanto arrogante quanto ignorante. Cristo amou a Igreja e Se entregou por ela. A Bíblia a chama de Noiva de Cristo (II Coríntios 11:2, Apocalipse 19:7). Como pode alguém dizer que ama a Jesus, mas não gosta da esposa dEle? Muitos cristãos usam a igreja mas não a amam. Quase todas as vezes que a palavra “igreja” é utilizada na Bíblia, ela se refere a uma congregação visível e local. Por conta da independência e do individualismo, surgiram hoje em dia muitos órfãos espirituais – o “crente coelho”, que fica saltando de uma igreja para outra, sem filiação, responsabilidade ou compromisso. Mas, segundo a Bíblia, é impossível ser um cristão sem estar unido a uma igreja local!

 

POR QUE VOCÊ PRECISA DE UMA FAMÍLIA

  1. A família o identifica como crente autêntico. Não posso afirmar que sou um seguidor de Cristo se não sou comprometido com um grupo específico de discípulos (João 13:35). Você não é o corpo de Cristo isoladamente; você precisa de outros para expressar essa condição. Juntos, e não separados, somos o Seu corpo (I Coríntios 12:27).
  2. A família nos retira do isolamento egoísta. A Igreja é o ambiente de aprendizado para se relacionar com a família de Deus. Como membro ativo você aprende a se interessar pelos outros e a partilhar suas experiências (I Coríntios 12:26). Somente pelo contato regular com crentes comuns e imperfeitos podemos aprender o verdadeiro companheirismo (I Coríntios 12:25). Isso compreende sermos tão comprometidos uns com os outros quanto o somos com Jesus Cristo (I João 3:16).
  3. A família nos ajuda a desenvolver músculos espirituais. Somente a plena participação nas atividades da igreja local desenvolve músculos espiriruais (Efésios 4:16). É fácil nos enganarmos pensando sermos maduros quando não há ninguém para nos contestar. A verdadeira maturidade se manifesta nos relacionamentos. Precisamos mais do que a Bíblia para crescer; precisamos de outros crentes. Crescemos mais fortes e mais rapidamente aprendendo uns com os outros e sendo responsáveis uns pelos outros.
  4. O corpo de Cristo precisa de você. Deus tem uma função específica para você desenvolver na Sua família. Isso se chama ministério, e Deus lhe concedeu talentos para esta missão (I Coríntios 12:7). A comunidade local é o lugar que Deus planejou para você descobrir, desenvolver e utilizar seus talentos.
  5. Você participará na missão de Cristo no mundo. Enquanto Jesus andou sobre a terra, Deus trabalhou por meio do corpo físico de Cristo; nos dias de hoje, Ele usa Seu corpo espiritual. A Igreja é instrumento de Deus na terra. Como membros do corpo de Cristo, nós somos Suas mãos, Seus pés, Seus olhos e Seu coração. Ele trabalha no mundo por meio de nós, e cada um de nós tem uma contribuição para dar (Efésios 2:10).
  6. A família de Deus irá impedi-lo de decair. Nenhum de nós está imune à tentação. Nas circunstâncias apropriadas, você e eu somos capazes de qualquer pecado (Jeremias 17:9). Por isso, temos a responsabilidade individual de mantermos uns aos outros no caminho certo (Hebreus 3:13).

CONCLUSÃO. Assim como uma criança, quando nasce, precisa se tornar membro de uma família específica (onde será nutrida, cuidada e crescerá forte e saudável), quando você nasce de novo também precisa se tornar membro de uma igreja local. Numa família existem benefícios, mas também responsabilidades!

Você nunca encontrará a igreja perfeita, porque foi chamado para amar pecadores imperfeitos. Deus quer que você ame pessoas reais e não pessoas ideais. Em Atos dos Apóstolos os cristãos de Jerusalém eram dedicados à comunhão (Atos 2:42). A vida cristã é mais do que um compromisso com Cristo; ela inclui compromisso com outros cristãos.

 

ROTEIRO DE CÉLULA